Caixa de Areia Pluvial com Grelha 100x100cm.

Caixa de Areia Pluvial com Grelha 100x100cm.

Localização: Projeto deve indicar o local onde está sendo utilizado o produto especificado.

a) Especificação dos materiais:

Caixa de areia pluvial com grelha 100×100 cm – dimensão interna, executada “in loco” em alvenaria convencional, executadas em tijolos maciços assentados com argamassa de cimento e areia, com espessura total de 15 cm, sendo 10 cm em tijolos e os demais em chapisco, emboço e reboco. Fundo em brita nº 1, em forma de canais interno de modo a escoar os efluentes. Com tampa em grelha de ferro, conforme detalhamento. Com profundidade média determinada pela média do projeto.

b) Execução / Controle:

As áreas de localização das caixas devem ser escavadas, com dimensão no mínimo 50 cm superior para cada uma das faces, além da dimensão projetada da peça. As caixas de areia deverão ser executadas em tijolos maciços, num total de 10 cm (osso) e 15 cm rebocadas. Os tijolos serão assentados com argamassa de assentamento de cimento e areia 1:3 (cimento e areia). No assentamento as peças devem estar umedecidas. Após o período de secagem, superior a 24 horas, devem ser realizados os procedimentos de chapisco, emboço e reboco das alvenarias, que antes da aplicação devem estar umedecidas novamente com o auxílio de uma trincha. Internamente, deve possuir acabamento liso Após a execução do acabamento interno o fundo deve ser limpo, e preenchido com areia, de modo a permitir o escoamento dos efluentes pluviais. As caixas deverão ser construídas com uma distância máxima entre uma e outra de 16m, seguindo posicionamento previsto no projeto de esgoto. Deverão ter tampas de metal, em grelha, para permitir o recolhimento das águas pluviais. Deve possuir profundidades variáveis de acordo com o caimento da rede, de modo a permitir sua destinação à rede pública ou à sarjeta.

Os materiais a serem utilizados devem ser de procedência idônea, e a mão-de-obra de instalação deve possuir experiência comprovada neste tipo de instalação. O material recebido deve ser estocado em local protegido das intempéries, evitando eventuais contaminações ou misturas com resíduos impróprios. Cimentos devem estar protegidos da umidade e da exposição ao sol.

As peças moldadas “in loco” podem ser substituídas por peças pré-moldadas desde que respeitando-se as restrições dimensionais e técnicas apresentadas.

c) Recebimento:

Todas as etapas do processo executivo deverão ser inspecionadas pela Fiscalização, de modo a verificar a execução e o acabamento, devendo estar em conformidade com o projeto. Deve-se verificar o resultado da instalação hidráulica antes do cobrimento das canalizações, a fim de verificar possíveis falhas na execução.

d) Medição e Pagamento:

O preço deverá compreender todas as despesas decorrentes do fornecimento dos materiais, ferramentas, equipamentos e mão-de-obra necessários a sua execução, conforme especificações e recomendações do fabricante, incluindo materiais acessórios, eventuais acabamentos, serviços auxiliares de limpeza e outros serviços complementares, bem como transporte.

A medição será efetuada por unidade de peça instalada, incluindo eventuais acessórios.

Caixa de Areia Pluvial com Grelha 80x80cm.

Caixa de Areia Pluvial com Grelha 80x80cm.

Localização: Projeto deve indicar o local onde está sendo utilizado o produto especificado.

a) Especificação dos materiais:

Caixa de areia pluvial com grelha 80×80 cm – dimensão interna, executada “in loco” em alvenaria convencional, executadas em tijolos maciços assentados com argamassa de cimento e areia, com espessura total de 15 cm, sendo 10 cm em tijolos e os demais em chapisco, emboço e reboco. Fundo em brita nº 1, em forma de canais interno de modo a escoar os efluentes. Com tampa em grelha de ferro, conforme detalhamento. Com profundidade média determinada pela média do projeto.

b) Execução / Controle:

As áreas de localização das caixas devem ser escavadas, com dimensão no mínimo 50 cm superior para cada uma das faces, além da dimensão projetada da peça. As caixas de areia deverão ser executadas em tijolos maciços, num total de 10 cm (osso) e 15 cm rebocadas. Os tijolos serão assentados com argamassa de assentamento de cimento e areia 1:3 (cimento e areia). No assentamento as peças devem estar umedecidas. Após o período de secagem, superior a 24 horas, devem ser realizados os procedimentos de chapisco, emboço e reboco das alvenarias, que antes da aplicação devem estar umedecidas novamente com o auxílio de uma trincha. Internamente, deve possuir acabamento liso Após a execução do acabamento interno o fundo deve ser limpo, e preenchido com areia, de modo a permitir o escoamento dos efluentes pluviais. As caixas deverão ser construídas com uma distância máxima entre uma e outra de 16m, seguindo posicionamento previsto no projeto de esgoto. Deverão ter tampas de metal, em grelha, para permitir o recolhimento das águas pluviais. Deve possuir profundidades variáveis de acordo com o caimento da rede, de modo a permitir sua destinação à rede pública ou à sarjeta.

Os materiais a serem utilizados devem ser de procedência idônea, e a mão-de-obra de instalação deve possuir experiência comprovada neste tipo de instalação. O material recebido deve ser estocado em local protegido das intempéries, evitando eventuais contaminações ou misturas com resíduos impróprios. Cimentos devem estar protegidos da umidade e da exposição ao sol.

As peças moldadas “in loco” podem ser substituídas por peças pré-moldadas desde que respeitando-se as restrições dimensionais e técnicas apresentadas.

c) Recebimento:

Todas as etapas do processo executivo deverão ser inspecionadas pela Fiscalização, de modo a verificar a execução e o acabamento, devendo estar em conformidade com o projeto. Deve-se verificar o resultado da instalação hidráulica antes do cobrimento das canalizações, a fim de verificar possíveis falhas na execução.

d) Medição e Pagamento:

O preço deverá compreender todas as despesas decorrentes do fornecimento dos materiais, ferramentas, equipamentos e mão-de-obra necessários a sua execução, conforme especificações e recomendações do fabricante, incluindo materiais acessórios, eventuais acabamentos, serviços auxiliares de limpeza e outros serviços complementares, bem como transporte.

A medição será efetuada por unidade de peça instalada, incluindo eventuais acessórios.

Caixa de Areia Pluvial com Grelha 60x60cm.

Caixa de Areia Pluvial com Grelha 60x60cm.

Localização: Projeto deve indicar o local onde está sendo utilizado o produto especificado.

a) Especificação dos materiais:

Caixa de areia pluvial com grelha 60×60 cm – dimensão interna, executada “in loco” em alvenaria convencional, executadas em tijolos maciços assentados com argamassa de cimento e areia, com espessura total de 15 cm, sendo 10 cm em tijolos e os demais em chapisco, emboço e reboco. Fundo em brita nº 1, em forma de canais interno de modo a escoar os efluentes. Com tampa em grelha de ferro, conforme detalhamento. Com profundidade média determinada pela média do projeto.

b) Execução / Controle:

As áreas de localização das caixas devem ser escavadas, com dimensão no mínimo 50 cm superior para cada uma das faces, além da dimensão projetada da peça. As caixas de areia deverão ser executadas em tijolos maciços, num total de 10 cm (osso) e 15 cm rebocadas. Os tijolos serão assentados com argamassa de assentamento de cimento e areia 1:3 (cimento e areia). No assentamento as peças devem estar umedecidas. Após o período de secagem, superior a 24 horas, devem ser realizados os procedimentos de chapisco, emboço e reboco das alvenarias, que antes da aplicação devem estar umedecidas novamente com o auxílio de uma trincha. Internamente, deve possuir acabamento liso Após a execução do acabamento interno o fundo deve ser limpo, e preenchido com areia, de modo a permitir o escoamento dos efluentes pluviais. As caixas deverão ser construídas com uma distância máxima entre uma e outra de 16m, seguindo posicionamento previsto no projeto de esgoto. Deverão ter tampas de metal, em grelha, para permitir o recolhimento das águas pluviais. Deve possuir profundidades variáveis de acordo com o caimento da rede, de modo a permitir sua destinação à rede pública ou à sarjeta.

Os materiais a serem utilizados devem ser de procedência idônea, e a mão-de-obra de instalação deve possuir experiência comprovada neste tipo de instalação. O material recebido deve ser estocado em local protegido das intempéries, evitando eventuais contaminações ou misturas com resíduos impróprios. Cimentos devem estar protegidos da umidade e da exposição ao sol.

As peças moldadas “in loco” podem ser substituídas por peças pré-moldadas desde que respeitando-se as restrições dimensionais e técnicas apresentadas.

c) Recebimento:

Todas as etapas do processo executivo deverão ser inspecionadas pela Fiscalização, de modo a verificar a execução e o acabamento, devendo estar em conformidade com o projeto. Deve-se verificar o resultado da instalação hidráulica antes do cobrimento das canalizações, a fim de verificar possíveis falhas na execução.

d) Medição e Pagamento:

O preço deverá compreender todas as despesas decorrentes do fornecimento dos materiais, ferramentas, equipamentos e mão-de-obra necessários a sua execução, conforme especificações e recomendações do fabricante, incluindo materiais acessórios, eventuais acabamentos, serviços auxiliares de limpeza e outros serviços complementares, bem como transporte.

A medição será efetuada por unidade de peça instalada, incluindo eventuais acessórios.

Para detalhe da Caixa de Areia 60x60cm clique aqui.

 

Tubo Rígido com Ponta Lisa DN 150mm soldado para Esgoto Série R – Reforçada.

Tubo Rígido com Ponta Lisa DN 150mm soldado para Esgoto Série R – Reforçada.

Localização: Projeto deve indicar o local onde está sendo utilizado o produto especificado.

a) Especificação dos materiais:

Tubo rígido com ponta lisa 150mm – 6″, classe de temperatura pico CT 75°C, não continua, conforme norma NBR 5688, fabricada em PVC, cor cinza claro, classe de Rigidez SN-3200 Pa, maior resistência a impacto e tráfego, peças de 3 ou 6 metros, Amanco ou equivalente técnico, soldado.

b) Execução / Controle:

O material recebido deve ser estocado em local protegido das intempéries e da exposição ao sol. No transporte e manuseio devem ser evitados atritos com objetos com arestas vivas em geral, os tubos devem ser carregados e arrastados sobre o solo, para evitar deformações permanentes nos tubos. No descarregamento deve ser evitado quedas ao solo. Deve-se evitar instalar os tubos e conexões tensionados e uso excessivo de fita veda-rosca. Os tubos de PVC são afetados em sua cor pela ação intensiva e permanente de radiações ultravioletas ao longo do tempo. A estocagem externa, não coberta, por período superior a seis meses, deve ser evitada. Os tubos devem ser estocados com pontas e bolsas alternadas, sem que as bolsas encostem umas nas outras. A primeira fileira devera estar apoiada sobre uma estrutura de madeira, sendo que a pilha total não deve exceder a 1,5 metros de altura.

O local de armazenamento deve ser coberto, com espaço suficiente para que o empilhamento não danifique as embalagens. No descarregamento deve ser evitado o lançamento das conexões ao solo.

No preparo do produto para a instalação deve se cortar o tubo no esquadro e chanfrar as pontas cortadas. Cortar o tubo no esquadro e chanfrar as pontas cortadas. Lixar a ponta do tubo e bolsa da conexão por meio de uma lixa d’água para aumentar a área de ataque do adesivo. Limpar as superfícies a serem soldadas com Solução Limpadora Amanco ou equivalente técnico, para preparar as superfícies que serão soldadas. Verificar sempre o prazo de validade do Adesivo Plástico e sua adequação à Série Reforçada. Distribuir uniformemente o Adesivo Plástico Amanco ou equivalente técnico, nas superfícies tratadas.

Os materiais a serem instalados devem ser de procedência idônea, e a mão-de-obra de instalação deve possuir experiência comprovada neste tipo de instalação.

c) Recebimento:

Todas as etapas do processo executivo deverão ser inspecionadas pela Fiscalização, de modo a verificar a execução e o acabamento, devendo estar em conformidade com o projeto. Deve-se verificar o resultado da instalação hidráulica antes do cobrimento das canalizações, a fim de verificar possíveis vazamentos.

d) Medição e Pagamento:

O preço deverá compreender todas as despesas decorrentes do fornecimento dos materiais, ferramentas, equipamentos e mão-de-obra necessários a sua execução, conforme especificações e recomendações do fabricante, incluindo materiais acessórios, acabamento serviços auxiliares de limpeza e outros serviços complementares.

A medição será efetuada por metro linear quando de tubulações.

Tubo Rígido com Ponta Lisa DN 100mm soldado para Esgoto Série R – Reforçada.

Tubo Rígido com Ponta Lisa DN 100mm soldado para Esgoto Série R – Reforçada.

Localização: Projeto deve indicar o local onde está sendo utilizado o produto especificado.

a) Especificação dos materiais:

Tubo rígido com ponta lisa 100mm – 4″, classe de temperatura pico CT 75°C, não continua, conforme norma NBR 5688, fabricada em PVC, cor cinza claro, classe de Rigidez SN-3200 Pa, maior resistência a impacto e tráfego, peças de 3 ou 6 metros, Amanco ou equivalente técnico, soldado.

b) Execução / Controle:

O material recebido deve ser estocado em local protegido das intempéries e da exposição ao sol. No transporte e manuseio devem ser evitados atritos com objetos com arestas vivas em geral, os tubos devem ser carregados e arrastados sobre o solo, para evitar deformações permanentes nos tubos. No descarregamento deve ser evitado quedas ao solo. Deve-se evitar instalar os tubos e conexões tensionados e uso excessivo de fita veda-rosca. Os tubos de PVC são afetados em sua cor pela ação intensiva e permanente de radiações ultravioletas ao longo do tempo. A estocagem externa, não coberta, por período superior a seis meses, deve ser evitada. Os tubos devem ser estocados com pontas e bolsas alternadas, sem que as bolsas encostem umas nas outras. A primeira fileira devera estar apoiada sobre uma estrutura de madeira, sendo que a pilha total não deve exceder a 1,5 metros de altura.

O local de armazenamento deve ser coberto, com espaço suficiente para que o empilhamento não danifique as embalagens. No descarregamento deve ser evitado o lançamento das conexões ao solo.

No preparo do produto para a instalação deve se cortar o tubo no esquadro e chanfrar as pontas cortadas. Cortar o tubo no esquadro e chanfrar as pontas cortadas. Lixar a ponta do tubo e bolsa da conexão por meio de uma lixa d’água para aumentar a área de ataque do adesivo. Limpar as superfícies a serem soldadas com Solução Limpadora Amanco ou equivalente técnico, para preparar as superfícies que serão soldadas. Verificar sempre o prazo de validade do Adesivo Plástico e sua adequação à Série Reforçada. Distribuir uniformemente o Adesivo Plástico Amanco ou equivalente técnico, nas superfícies tratadas.

Os materiais a serem instalados devem ser de procedência idônea, e a mão-de-obra de instalação deve possuir experiência comprovada neste tipo de instalação.

c) Recebimento:

Todas as etapas do processo executivo deverão ser inspecionadas pela Fiscalização, de modo a verificar a execução e o acabamento, devendo estar em conformidade com o projeto. Deve-se verificar o resultado da instalação hidráulica antes do cobrimento das canalizações, a fim de verificar possíveis vazamentos.

d) Medição e Pagamento:

O preço deverá compreender todas as despesas decorrentes do fornecimento dos materiais, ferramentas, equipamentos e mão-de-obra necessários a sua execução, conforme especificações e recomendações do fabricante, incluindo materiais acessórios, acabamento serviços auxiliares de limpeza e outros serviços complementares.

A medição será efetuada por metro linear quando de tubulações.

Tubo Rígido com Ponta Lisa DN 75mm soldado para Esgoto Série R – Reforçada.

Tubo Rígido com Ponta Lisa DN 75mm soldado para Esgoto Série R – Reforçada.

Localização: Projeto deve indicar o local onde está sendo utilizado o produto especificado.

a) Especificação dos materiais:

Tubo rígido com ponta lisa 75mm – 3″, classe de temperatura pico CT 75°C, não continua, conforme norma NBR 5688, fabricada em PVC, cor cinza claro, classe de Rigidez SN-3200 Pa, maior resistência a impacto e tráfego, peças de 3 ou 6 metros, Amanco ou equivalente técnico, soldado.

b) Execução / Controle:

O material recebido deve ser estocado em local protegido das intempéries e da exposição ao sol. No transporte e manuseio devem ser evitados atritos com objetos com arestas vivas em geral, os tubos devem ser carregados e arrastados sobre o solo, para evitar deformações permanentes nos tubos. No descarregamento deve ser evitado quedas ao solo. Deve-se evitar instalar os tubos e conexões tensionados e uso excessivo de fita veda-rosca. Os tubos de PVC são afetados em sua cor pela ação intensiva e permanente de radiações ultravioletas ao longo do tempo. A estocagem externa, não coberta, por período superior a seis meses, deve ser evitada. Os tubos devem ser estocados com pontas e bolsas alternadas, sem que as bolsas encostem umas nas outras. A primeira fileira devera estar apoiada sobre uma estrutura de madeira, sendo que a pilha total não deve exceder a 1,5 metros de altura.

O local de armazenamento deve ser coberto, com espaço suficiente para que o empilhamento não danifique as embalagens. No descarregamento deve ser evitado o lançamento das conexões ao solo.

No preparo do produto para a instalação deve se cortar o tubo no esquadro e chanfrar as pontas cortadas. Cortar o tubo no esquadro e chanfrar as pontas cortadas. Lixar a ponta do tubo e bolsa da conexão por meio de uma lixa d’água para aumentar a área de ataque do adesivo. Limpar as superfícies a serem soldadas com Solução Limpadora Amanco ou equivalente técnico, para preparar as superfícies que serão soldadas. Verificar sempre o prazo de validade do Adesivo Plástico e sua adequação à Série Reforçada. Distribuir uniformemente o Adesivo Plástico Amanco ou equivalente técnico, nas superfícies tratadas.

Os materiais a serem instalados devem ser de procedência idônea, e a mão-de-obra de instalação deve possuir experiência comprovada neste tipo de instalação.

c) Recebimento:

Todas as etapas do processo executivo deverão ser inspecionadas pela Fiscalização, de modo a verificar a execução e o acabamento, devendo estar em conformidade com o projeto. Deve-se verificar o resultado da instalação hidráulica antes do cobrimento das canalizações, a fim de verificar possíveis vazamentos.

d) Medição e Pagamento:

O preço deverá compreender todas as despesas decorrentes do fornecimento dos materiais, ferramentas, equipamentos e mão-de-obra necessários a sua execução, conforme especificações e recomendações do fabricante, incluindo materiais acessórios, acabamento serviços auxiliares de limpeza e outros serviços complementares.

A medição será efetuada por metro linear quando de tubulações.

Tubo Rígido com Ponta Lisa DN 200mm soldado para Esgoto Série Normal.

Tubo Rígido com Ponta Lisa DN 200mm soldado para Esgoto Série Normal.

Localização: Projeto deve indicar o local onde está sendo utilizado o produto especificado.

a) Especificação dos materiais:

Tubo rígido com ponta lisa 200mm – 8”, classe de temperatura pico CT 45°C, conforme norma NBR 5688, fabricada em PVC, cor branca, classe de Rigidez SN-1500 Pa, peças de 3 ou 6 metros, Amanco ou equivalente técnico, soldado.

b) Execução / Controle:

O material recebido deve ser estocado em local protegido das intempéries e da exposição ao sol. No transporte e manuseio devem ser evitados atritos com objetos com arestas vivas em geral, os tubos devem ser carregados e arrastados sobre o solo, para evitar deformações permanentes nos tubos. No descarregamento deve ser evitado quedas ao solo. Deve-se evitar instalar os tubos e conexões tensionados e uso excessivo de fita veda-rosca. Os tubos de PVC são afetados em sua cor pela ação intensiva e permanente de radiações ultravioletas ao longo do tempo. A estocagem externa, não coberta, por período superior a seis meses, deve ser evitada. Os tubos devem ser estocados com pontas e bolsas alternadas, sem que as bolsas encostem umas nas outras. A primeira fileira devera estar apoiada sobre uma estrutura de madeira, sendo que a pilha total não deve exceder a 1,5 metros de altura.

O local de armazenamento deve ser coberto, com espaço suficiente para que o empilhamento não danifique as embalagens. No descarregamento deve ser evitado o lançamento das conexões ao solo.

No preparo do produto para a instalação deve se cortar o tubo no esquadro e chanfrar as pontas cortadas. Cortar o tubo no esquadro e chanfrar as pontas cortadas. Lixar a ponta do tubo e bolsa da conexão por meio de uma lixa d’água para aumentar a área de ataque do adesivo. Limpar as superfícies a serem soldadas com Solução Limpadora Amanco ou equivalente técnico, para preparar as superfícies que serão soldadas. Verificar sempre o prazo de validade do Adesivo Plástico. Distribuir uniformemente o Adesivo Plástico Amanco ou equivalente técnico, nas superfícies tratadas.

Os materiais a serem instalados devem ser de procedência idônea, e a mão-de-obra de instalação deve possuir experiência comprovada neste tipo de instalação.

c) Recebimento:

Todas as etapas do processo executivo deverão ser inspecionadas pela Fiscalização, de modo a verificar a execução e o acabamento, devendo estar em conformidade com o projeto. Deve-se verificar o resultado da instalação hidráulica antes do cobrimento das canalizações, a fim de verificar possíveis vazamentos.

d) Medição e Pagamento:

O preço deverá compreender todas as despesas decorrentes do fornecimento dos materiais, ferramentas, equipamentos e mão-de-obra necessários a sua execução, conforme especificações e recomendações do fabricante, incluindo materiais acessórios, acabamento serviços auxiliares de limpeza e outros serviços complementares.

A medição será efetuada por metro linear quando de tubulações.

Tubo Rígido com Ponta Lisa DN 150mm soldado para Esgoto Série Normal.

Tubo Rígido com Ponta Lisa DN 150mm soldado para Esgoto Série Normal.

Localização: Projeto deve indicar o local onde está sendo utilizado o produto especificado.

a) Especificação dos materiais:

Tubo rígido com ponta lisa 150mm – 6”, classe de temperatura pico CT 45°C, conforme norma NBR 5688, fabricada em PVC, cor branca, classe de Rigidez SN-1500 Pa, peças de 3 ou 6 metros, Amanco ou equivalente técnico, soldado.

b) Execução / Controle:

O material recebido deve ser estocado em local protegido das intempéries e da exposição ao sol. No transporte e manuseio devem ser evitados atritos com objetos com arestas vivas em geral, os tubos devem ser carregados e arrastados sobre o solo, para evitar deformações permanentes nos tubos. No descarregamento deve ser evitado quedas ao solo. Deve-se evitar instalar os tubos e conexões tensionados e uso excessivo de fita veda-rosca. Os tubos de PVC são afetados em sua cor pela ação intensiva e permanente de radiações ultravioletas ao longo do tempo. A estocagem externa, não coberta, por período superior a seis meses, deve ser evitada. Os tubos devem ser estocados com pontas e bolsas alternadas, sem que as bolsas encostem umas nas outras. A primeira fileira devera estar apoiada sobre uma estrutura de madeira, sendo que a pilha total não deve exceder a 1,5 metros de altura.

O local de armazenamento deve ser coberto, com espaço suficiente para que o empilhamento não danifique as embalagens. No descarregamento deve ser evitado o lançamento das conexões ao solo.

No preparo do produto para a instalação deve se cortar o tubo no esquadro e chanfrar as pontas cortadas. Cortar o tubo no esquadro e chanfrar as pontas cortadas. Lixar a ponta do tubo e bolsa da conexão por meio de uma lixa d’água para aumentar a área de ataque do adesivo. Limpar as superfícies a serem soldadas com Solução Limpadora Amanco ou equivalente técnico, para preparar as superfícies que serão soldadas. Verificar sempre o prazo de validade do Adesivo Plástico. Distribuir uniformemente o Adesivo Plástico Amanco ou equivalente técnico, nas superfícies tratadas.

Os materiais a serem instalados devem ser de procedência idônea, e a mão-de-obra de instalação deve possuir experiência comprovada neste tipo de instalação.

c) Recebimento:

Todas as etapas do processo executivo deverão ser inspecionadas pela Fiscalização, de modo a verificar a execução e o acabamento, devendo estar em conformidade com o projeto. Deve-se verificar o resultado da instalação hidráulica antes do cobrimento das canalizações, a fim de verificar possíveis vazamentos.

d) Medição e Pagamento:

O preço deverá compreender todas as despesas decorrentes do fornecimento dos materiais, ferramentas, equipamentos e mão-de-obra necessários a sua execução, conforme especificações e recomendações do fabricante, incluindo materiais acessórios, acabamento serviços auxiliares de limpeza e outros serviços complementares.

A medição será efetuada por metro linear quando de tubulações.

Tubo Rígido com Ponta Lisa DN 50mm soldado para Esgoto Série R – Reforçada.

Tubo Rígido com Ponta Lisa DN 50mm soldado para Esgoto Série R – Reforçada.

Localização: Projeto deve indicar o local onde está sendo utilizado o produto especificado.

a) Especificação dos materiais:

Tubo rígido com ponta lisa 50mm – 2″, classe de temperatura pico CT 75°C, não continua, conforme norma NBR 5688, fabricada em PVC, cor cinza claro, classe de Rigidez SN-3200 Pa, maior resistência a impacto e tráfego, peças de 3 ou 6 metros, Amanco ou equivalente técnico, soldado.

b) Execução / Controle:

O material recebido deve ser estocado em local protegido das intempéries e da exposição ao sol. No transporte e manuseio devem ser evitados atritos com objetos com arestas vivas em geral, os tubos devem ser carregados e arrastados sobre o solo, para evitar deformações permanentes nos tubos. No descarregamento deve ser evitado quedas ao solo. Deve-se evitar instalar os tubos e conexões tensionados e uso excessivo de fita veda-rosca. Os tubos de PVC são afetados em sua cor pela ação intensiva e permanente de radiações ultravioletas ao longo do tempo. A estocagem externa, não coberta, por período superior a seis meses, deve ser evitada. Os tubos devem ser estocados com pontas e bolsas alternadas, sem que as bolsas encostem umas nas outras. A primeira fileira devera estar apoiada sobre uma estrutura de madeira, sendo que a pilha total não deve exceder a 1,5 metros de altura.

O local de armazenamento deve ser coberto, com espaço suficiente para que o empilhamento não danifique as embalagens. No descarregamento deve ser evitado o lançamento das conexões ao solo.

No preparo do produto para a instalação deve se cortar o tubo no esquadro e chanfrar as pontas cortadas. Cortar o tubo no esquadro e chanfrar as pontas cortadas. Lixar a ponta do tubo e bolsa da conexão por meio de uma lixa d’água para aumentar a área de ataque do adesivo. Limpar as superfícies a serem soldadas com Solução Limpadora Amanco ou equivalente técnico, para preparar as superfícies que serão soldadas. Verificar sempre o prazo de validade do Adesivo Plástico e sua adequação à Série Reforçada. Distribuir uniformemente o Adesivo Plástico Amanco ou equivalente técnico, nas superfícies tratadas.

Os materiais a serem instalados devem ser de procedência idônea, e a mão-de-obra de instalação deve possuir experiência comprovada neste tipo de instalação.

c) Recebimento:

Todas as etapas do processo executivo deverão ser inspecionadas pela Fiscalização, de modo a verificar a execução e o acabamento, devendo estar em conformidade com o projeto. Deve-se verificar o resultado da instalação hidráulica antes do cobrimento das canalizações, a fim de verificar possíveis vazamentos.

d) Medição e Pagamento:

O preço deverá compreender todas as despesas decorrentes do fornecimento dos materiais, ferramentas, equipamentos e mão-de-obra necessários a sua execução, conforme especificações e recomendações do fabricante, incluindo materiais acessórios, acabamento serviços auxiliares de limpeza e outros serviços complementares.

A medição será efetuada por metro linear quando de tubulações.

Tubo Rígido com Ponta Lisa DN 40mm soldado para Esgoto Série R – Reforçada.

Tubo Rígido com Ponta Lisa DN 40mm soldado para Esgoto Série R – Reforçada.

Localização: Projeto deve indicar o local onde está sendo utilizado o produto especificado.

a) Especificação dos materiais:

Tubo rígido com ponta lisa 40mm, classe de temperatura pico CT 75°C, não continua, conforme norma NBR 5688, fabricada em PVC, cor cinza claro, classe de Rigidez SN-3200 Pa, maior resistencia a impacto e tráfego, peças de 3 ou 6 metros, Amanco ou equivalente técnico, soldado.

b) Execução / Controle:

O material recebido deve ser estocado em local protegido das intempéries e da exposição ao sol. No transporte e manuseio devem ser evitados atritos com objetos com arestas vivas em geral, os tubos devem ser carregados e arrastados sobre o solo, para evitar deformações permanentes nos tubos. No descarregamento deve ser evitado quedas ao solo. Deve-se evitar instalar os tubos e conexões tensionados e uso excessivo de fita veda-rosca. Os tubos de PVC são afetados em sua cor pela ação intensiva e permanente de radiações ultravioletas ao longo do tempo. A estocagem externa, não coberta, por período superior a seis meses, deve ser evitada. Os tubos devem ser estocados com pontas e bolsas alternadas, sem que as bolsas encostem umas nas outras. A primeira fileira devera estar apoiada sobre uma estrutura de madeira, sendo que a pilha total não deve exceder a 1,5 metros de altura.

O local de armazenamento deve ser coberto, com espaço suficiente para que o empilhamento não danifique as embalagens. No descarregamento deve ser evitado o lançamento das conexões ao solo.

No preparo do produto para a instalação deve se cortar o tubo no esquadro e chanfrar as pontas cortadas. Cortar o tubo no esquadro e chanfrar as pontas cortadas. Lixar a ponta do tubo e bolsa da conexão por meio de uma lixa d’água para aumentar a área de ataque do adesivo. Limpar as superfícies a serem soldadas com Solução Limpadora Amanco ou equivalente técnico, para preparar as superfícies que serão soldadas. Verificar sempre o prazo de validade do Adesivo Plástico e sua adequação à Série Reforçada. Distribuir uniformemente o Adesivo Plástico Amanco ou equivalente técnico, nas superfícies tratadas.

Os materiais a serem instalados devem ser de procedência idônea, e a mão-de-obra de instalação deve possuir experiência comprovada neste tipo de instalação.

c) Recebimento:

Todas as etapas do processo executivo deverão ser inspecionadas pela Fiscalização, de modo a verificar a execução e o acabamento, devendo estar em conformidade com o projeto. Deve-se verificar o resultado da instalação hidráulica antes do cobrimento das canalizações, a fim de verificar possíveis vazamentos.

d) Medição e Pagamento:

O preço deverá compreender todas as despesas decorrentes do fornecimento dos materiais, ferramentas, equipamentos e mão-de-obra necessários a sua execução, conforme especificações e recomendações do fabricante, incluindo materiais acessórios, acabamento serviços auxiliares de limpeza e outros serviços complementares.

A medição será efetuada por metro linear quando de tubulações.