Sargeta e Meio-Fio Conjugados para Conteção de Piso de Bloco Intertravado.

Sargeta e Meio-Fio Conjugados para Conteção de Piso de Bloco Intertravado.

Localização: Projeto deve indicar o local onde está sendo utilizado o produto especificado.

 a) Especificação dos materiais:

Sarjeta tipo meia calha. Meio-fio e sarjeta de concreto moldado no local, usinado 15 mpa, com 0,45m base x 0,30 m altura, rejunte em argamassa traco 1:3,5 (cimento e areia), Ladeando os pavimentos de concreto para pedestres, junto às edificações deverão ser construídas sarjetas tipo meia calha em concreto para captação e condução de águas pluviais para o sistema de drenagem, conforme demarcado no projeto específico de drenagem. Estas sarjetas deverão ser rejuntadas e ligadas nas as caixas de drenagem da rede de águas pluviais.

b) Execução / Controle

Meio Fio de Concreto

O meio fio de concreto é parte integrante dos confinamentos externos necessários ao bom desempenho da solução em blocos intertravados de concreto, os quais estão descritos no item a seguir.

O meio fio de concreto deverá ser medido conforme o tipo executado e a extensão executada, medida em metros lineares.

Confinamentos

As contenções laterais são obrigatórias e evitam o deslizamento dos blocos, seja pelos procedimentos de compactação durante a construção, ou seja, pelo tráfego durante sua vida útil. Elas mantêm a continuidade da camada de blocos de concreto, evitando a separação entre eles e a perda do intertravamento. Para tanto, deverão ser utilizados elementos pré-moldados de concreto de boa qualidade, bem acabados, com dimensões não inferiores a 1,0 x 0,15 x 0,30 m, devendo ser normalmente fabricados com concreto de resistência característica à compressão simples (fck) igual ou superior a 15 MPa aos 28 dias de idade.

Há dois tipos de confinamento: o externo, que rodeia o pavimento em seu perímetro (normalmente sarjetas e meios-fios) e o interno, que rodeia as estruturas que se encontram dentro dele (bocas de- lobo, canaletas, jardins, etc.). Os confinamentos podem estar no nível da superfície do pavimento ou acima dele. A condição ideal é que o confinamento seja de parede vertical no contato com os blocos intertravados.

Os confinamentos laterais devem ser construídos antes do lançamento da camada de assentamento dos blocos de concreto, de modo que a areia e os blocos estejam dentro de uma “caixa”, cujo fundo é a superfície compactada da base e as paredes são as estruturas de confinamento.

Devem estar firmes, sem que corram o risco de desalinhamento, e com altura suficiente para que penetrem na camada de base. Quando o confinamento interno estiver junto a um dispositivo de drenagem do pavimento, deverão ter paredes drenantes, ou seja, atravessadas por tubos de 12,0 mm de diâmetro a cada 25,0 cm, colocados ao nível da camada de areia de assentamento dos blocos, tomando-se o cuidado de protegê-los com uma manta para evitar a fuga da areia.

No encontro do pavimento intertravado com outro tipo de pavimento ou com uma via sem pavimentação, deverá ser construída uma viga de confinamento, de concreto, com largura mínima de 15,0 cm e altura suficiente para penetrar, no mínimo, 20,0 cm abaixo da camada de areia de assentamento dos blocos. No caso de construção do pavimento por faixas, devem-se construir confinamentos longitudinais que podem ser definitivos ou provisórios. Os definitivos terão as mesmas características das vigas de concreto construídas nos encontros com outros tipos de pavimentos; os provisórios poderão ser constituídos por um caibro de madeira rígido ou perfil de aço, que vai sendo retirado à medida que a colocação dos blocos avança.

c) Recebimento:

Todas as etapas do processo executivo deverão ser inspecionadas pela Fiscalização, de modo a verificar o perfeito alinhamento, nivelamento e uniformidade das superfícies, de conformidade com as indicações do projeto.

d) Medição e Pagamento:

Esse preço deverá compreender todas as despesas decorrentes do fornecimento dos materiais, ferramentas, equipamentos e mão-de-obra necessários à sua execução, incluindo acabamento e limpeza.

A medição será efetuada por m (metro linear) de sarjeta efetivamente executada, apurando-se a área conforme as dimensões indicadas no projeto.