Entendendo os orçamentos em padrão Sinapi





Se você está interessado em entender como funciona a principal ferramenta de orçamentos de obras de edificações públicas brasileiras, vamos explicar o que é e como se usa o Sinapi.

Se você entrar no site da Caixa Econômica Federal , lá diz que o Sinapi é Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil… bem, de forma bem simplificada, ele nada mais é do que é uma grande tabela de preços elaborada por técnicos da Caixa Econômica Federal, sendo que a pesquisa e atualização de preços é feita pelo IBGE, e cujos preços tem diferenças de acordo com a região do Brasil em que vocês se encontrar.

Ela é composta (para cada Estado Brasileiro) por 3 grandes grupos de informações, a tabela de insumos, a de composições e o documento que mostra o que está inserido em casa composição.

Sendo algo por estado, selecionei a opção Santa Catarina, por exemplo.

O que cada parte te dá de informação é basicamente o seguinte:

– insumos, são os produtos em si. Não que tenha todos os produtos existentes no mercado, mas uma boa variedade. Então, coisas como cimento, areia, brita, canos, esquadrias… No trecho da tabela abaixo, o que você vê é os preços dos drenos de diferentes diâmetros.

– as composições são grupos de itens que determinam o que é necessário para a realização de cada serviço. Ou seja, para fazer um metro de dreno, além do dreno, há outros materiais e mão-de-obra de profissionais envolvidos. Então o custo indicado na planilha é maior.

Ou seja, passamos de um valor de material de R$ 8,44 para um total de R$ 26,60, o metro linear.

Se você está se perguntando o que está incluído nesta composição, você deve acessar a terceira planilha relacionada ao Sinapi, que é a planilha chamada de “Catálogo de Composições Analíticas”. Acessando a planilha de Excell (clique em Crt+L – Loclaizar), localize a sua composição e veja o que está incluído nela. Você pode procurar pelo nome, ou pelo numero da composição. Que na tabela de composições é o número à esquerda, no nosso caso do dreno, o número é o 73816/1. Cuidado que na planilha do pdf de composições ele aparece como 73816/001 e na tabela do excell 73816/1 (sem os zeros).

Ali você vê que o dreno tem bem mais do que só o dreno, como outros materiais, bem como os profissionais envolvidos. Os números que você observará a direita dos itens são a quantidade necessária de cada ítem, seja quantidade de horas envolvidas dos profissionais ou as próprias quantidades dos materiais. O tubo, por exemplo, vai 1m em 1m. Mas o servente, ele leva 0,7993 partes de 1 hora, para executar o dreno em si.

Especial atenção deve ser tomada para o fato de que as planilhas são mensais. Ou seja, mesmo o Catálogo de composições muda todo mês.

Esta é uma explicação que busca tornar claro como funciona em si a elaboração de orçamentos que tem como base de preços o Sinapi. Pegamos um item específico para ilustrar, mas é claro que há uma diversidade grande de produtos e serviços. O conhecimento se dá com o trabalhar com as planilhas, o que te permitirá verificar de forma mais prática os itens que a compõe.

Equipe Capsula

Leia também: Orçamentos Sinapi: O que é o desonerado? Qual usar, quando usar?